Anticoncepcional: Liberdade para umas, restrição para outras

Finalmente escrevi uma matéria sobre um assunto que gosto muito: o uso de anticoncepcional. A diagramação não está lá grande coisa, mas foi uma matéria que curti muito fazer. Para conferir, basta clicar no link abaixo! =) Matéria Anticoncepcional      

Anúncios

Um ano sem anticoncepcional

18 de novembro de 2016. Esse foi o dia que decidi parar de tomar o anticoncepcional (ou pilula, como alguns chamam). De lá pra cá minha mente e meu corpo passaram por algumas mudanças. Mas antes disso, vou contar porque e como decidi por não tomar mais o comprimido diário.

Adivinhações de uma Cartomante

Era uma tarde de um dia qualquer. Havia uma roda com uma quantidade razoável de pessoas, algumas delas conhecidas minhas. Umas cinco pelo menos. Em seu centro tinha uma mulher sentada sobre uma canga colorida . Ela  parecia ler coisas que estavam em suas mãos. Logo que me aproximei pude ver que eram cartas. Haviam olhos... Continuar Lendo →

Tire os óculos!

Dia desses durante uma aula meu professor nos disse que o jornalista tem um óculos que define o que é e o que não é notícia. Nos questionou ainda se não seria bom os tirá-los de vez em quando, para quem sabe assim encontrar noticias onde não olharíamos se estivéssemos com os óculos. Parei e... Continuar Lendo →

[Des]encontros Primaveris

  Mas um dia como um outro, aparentemente. O relógio de parede velho continua o mesmo a marcar as horas que insistem em passar lentamente. E lá esta ela, ansiosa. Como se algo pudesse acontecer, pois a vida dela era assim, mudava do dia pra noite. Como o mar, quando calmo, sabe- se que há... Continuar Lendo →

Sobre voar mais alto

Meados de 1999. Lembro como se fosse ontem o dia em que a "tia" da turma do Jardim 2 pediu para que nós nos fantasiássemos. As crianças imediatamente correram e foram pegar suas fantasias na grande sala conhecida como brinquedoteca. Menos eu. Estava indecisa, como sempre. Aliás, a fantasia que gostaria de usar não tinha. Era... Continuar Lendo →

[642 coisas] Hey, mãe!

"Assim como eu ela aparenta ser calma, mas só aparenta mesmo. Por dentro um turbilhão de emoções e pensamentos a todo instante. Sua mente não para um minuto, e quando o faz é para agradecer a vida. Ela faz isso durante a madrugada. Enquanto ela faz isso eu somente escrevo. Nossas madrugadas são diferentes."

Blog no WordPress.com.

Acima ↑